Como você acha que a Blockchain influenciará a Contabilidade?

0
552
Imagem: Pixabay

Por: Guilherme Pagotto de Souza
Diretor suplente do Sescon Campinas e sócio da O|S|P Contabilidade www.ospcontabilidade.com.br

Nos últimos cinco anos muito se tem falado sobre a contabilidade digital e a contabilidade on-line. Elas trouxeram grandes mudanças para nós contadores, fazendo com que muitos profissionais remodelassem os seus modelos de negócio, adequando-se a nova realidade e permanecendo competitivos. Muitos contadores chegaram a perder o sono com essas mudanças, que hoje fazem parte do seu dia a dia e já são tratadas como aquele assunto do “jornal de ontem.”
A bola da vez é a Blockchain. Esta tecnologia, criada há mais de 10 anos, embora seja muito comentada, ainda não tem uma utilização tão expressiva. Mas, algo é mais do que certo, trata-se de um caminho sem volta. É apenas uma questão de tempo para ela permear todas as soluções tecnológicas e em breve fazer parte da vida da maioria das pessoas.
A contabilidade digital e on-line trouxeram mudanças significativas na forma como nos relacionamos e executamos nossos serviços, porém nada foi mudado na essência do trabalho. Continuamos a receber as informações de nossos clientes, as processamos, cumprimos com as obrigações acessórias e disponibilizamos os relatórios legais contábeis. A diferença é que desta vez contamos com mais agilidade e eficiência, usando ferramentas tecnológicas.
A tecnologia da blockchain impactará intrinsicamente o modelo atual financeiro e consequentemente, a forma como trabalhamos. Como exatamente isso ocorrerá, não há como prever. O que podemos vislumbrar são possibilidades, que com o tempo se confirmarão, umas mais do que outras.
A tecnologia da blockchain traz em sua essência uma rede pública, descentralizada (não existe um servidor onde as informações ficam armazenadas). Os dados ficam em posse dos chamados mineradores ou full nodes, que nada mais são do que milhares de computadores, conectados a uma rede através da internet, onde cada computador, tem todos os dados e informações referentes a todas as transações.  E tudo isso de forma pública, onde todos os usuários da rede podem consultar qualquer transação realizada. Parece loucura, mas para entender, precisamos desconstruir conceitos existentes.
Até então, as informações financeiras ficam centralizadas com as instituições financeiras (bancos), que seguem regras impostas pelos governos e estão sujeitas a auditorias e controles para comprovar a autenticidade dos dados e trazer a nós clientes, segurança, tanto para as transações realizadas quanto na guarda do nosso dinheiro.
A partir do uso da tecnologia descentraliza da blockchain, não existe mais a necessidade do intermediário (bancos) para validarem as transações e a custódia do nosso dinheiro. A tecnologia, possui a capacidade de criptografia e autenticação para ela mesma validar as transações financeiras (transferências) e a custodia pode ser feita diretamente pelo dono do dinheiro.
A ideia aqui não é explicar a fundo a tecnologia, apenas dar um apanhado geral para poder ir ao ponto principal, que é elucidar algumas possibilidades de como a blockchain afetará a vida de nós contadores. Então, vamos lá:

1) Relacionamento com clientes – não haverá mais a necessidade da troca direta de informações entre clientes e escritórios. Uma vez que, todas as transações financeiras estarão em um banco de dados público e decentralizado na blockchain, os contadores poderão acessar essas informações diretamente. Aquela história, que bem conhecemos, sobre aguardar o extrato bancário, as contas de despesas etc. não existirá mais. Teremos acesso a esses dados instantaneamente direto da fonte;
2) Envio de obrigações ao Fisco – haverá mudanças no formato das obrigações acessórias. Como as informações estarão na blockchain, que é pública e descentralizada, certamente o Governo acessará diretamente essa base de dados e não haverá a necessidade, de nós contadores e de outros entes, que também fornecem informações ao Governo, enviarmos boa parte das informações atualmente disponibilizadas;
3) Fim do Certificado Digital – a função atualmente exercida pelos Certificados Digitais, como intermediários que validam as assinaturas, deixarão de fazer sentido. Quando os operadores do sistema (Pessoas Físicas e Jurídicas) forem os detentores de suas identidades, que também irão para uma blockchain, que já provê a criptografia necessária para garantir a segurança nas assinaturas, os certificados deixarão de existir.

Estas são três possíveis grandes mudanças, dentre muitas outras, que a tecnologia da blockchain poderá trazer para nós contadores. Quando isso acontecerá? É muito difícil prever, a tecnologia que torna tudo isso possível, já está disponível. Mas ela por si só não gera a transformação. Serão necessárias uma mudança cultural e uma grande quebra de paradigmas. A indústria do mercado financeiro, capitaneado pelos bancos, serão drasticamente impactados e todos nós sabemos a força dessas instituições na sociedade atualmente.
A mudança certa, que já está acontecendo é: a de nós contadores trabalharmos muito mais como consultores e não mais como despachantes fiscais. E sem dúvida alguma, essa real mudança é a ponte de transição que nos levará ao uso massivo das redes blockchains descentralizadas. Cada vez mais rotinas repetitivas, sem valor agregado, estão sendo substituídas por ferramentas, sistemas e agora pelo uso de robôs e até pela inteligência artificial, tecnologias que vieram para suprir por definitivo essa demanda antes exercida por nós.
Nos restará o que existe de mais nobre e que a máquina ainda não consegue superar, o uso da criatividade para propor alternativas a nossos clientes e a inteligência, principalmente, a interpessoal, para criarmos relacionamento e estarmos próximos a nossos clientes. Vamos deixar de vez a velha função de cobrador de impostos e guarda-livros, atribuída pela coroa portuguesa! Esta é a oportunidade final de empoderamento da nossa nobre profissão.

  Gostou de saber como a blockchain influenciará a Contabilidade? Deixe um comentário a seguir e compartilhe estas novidades em suas redes sociais!