5 dicas para reduzir custos em sua empresa

0
399
Finances Saving Economy concept. Female accountant or banker use calculator.
Por: Guilherme Pagotto de Souza, diretor suplente do Sescon Campinas e sócio da O|S|P Contabilidade – www.ospcontabilidade.com.br

Como andam as contas da sua empresa? Ter um orçamento realista das suas contas é essencial para o sucesso do seu negócio. É sempre possível reduzir custos e tomar atitudes mais assertivas para alcançar de fato os resultados almejados. Dificilmente, uma empresa cresce se a gestão financeira não for uma prioridade. A seguir, veremos 5 dicas para reduzir custos e aplicar no desenvolvimento do seu negócio. Confira!

 

1) Analise a saúde financeira da sua empresa

Os custos condizem com os ganhos em seu negócio? Quais são as contas que não fecham? A principal atitude para ter resultados significativos é reduzir custos. Há técnicas e dicas que permitem a redução de custos sem comprometer os investimentos ou atividades da empresa.

O primeiro passo para isso é fazer uma análise profunda de todos os centros de custos da empresa, para assim ter condições de efetivar os cortes necessários, mantendo o que é prioridade. Muitos custos também podem ser substituídos por opções mais condizentes com a situação da empresa. O mesmo vale dizer para os custos tributários e fiscais. A análise de custos pode ser amplamente beneficiada com a ajuda do contador, que pode analisar indicadores e métricas para a sua tomada de decisão.

2) Crie estratégias para otimizar os seus resultados

Se você está lendo esta matéria porque possui dificuldades financeiras na empresa, é preciso compreender quais são elas e como ocorrem para poder criar estratégias mais condizentes com os seus objetivos. Estas estratégias visas equalizar gastos e faturamento. Além de reduzir gastos, estas estratégias devem favorecer os ganhos.

Caso seja um iniciante no assunto, veja esse outro artigo que escrevi com dicas valiosíssimas: Gestão financeira para iniciantes – 5 coisas que todo novo empreendedor deve fazer

3) Liste os gastos da empresa

Os gastos são constantes, assim como o lucro. Com o tempo, novos gastos passam a fazer parte da rotina da empresa. É preciso estar atento, fazendo o uso racional dos recursos, dispensando custos supérfluos e optando por um controle contínuo de custos. Faça uma lista do que é preciso manter como gasto e o que deve ser reduzido ou eliminado. Muitos gestores não conseguem reduzir custos simplesmente pelo fato de não os conhecer. Uma lista simples resolveria a questão.

4) Faça um levantamento dos custos com o pessoal

O custo com recursos humanos é um dos maiores do orçamento de uma empresa. Rotinas ineficientes de gestão de talentos, recrutamento e seleção, folha de pagamento, além de falta de estratégia com as equipes resulta em custos significativos. Remanejar pessoas, terceirizar tarefas e evitar novas contratações podem ser ações solucionadoras. Demissões geram custos significativos e precisam ser avaliadas com cuidado. Apostar em tecnologia para a gestão das informações de RH pode poupar dinheiro em curto e médio prazo.

5) Faça investimentos lucrativos

Muitos investimentos otimizam os custos e fazem o negócio crescer. Investimentos nunca são custos, já que pressupõem retorno. Um exemplo de investimento interessante são os programas de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), que ajuda a engajar os colaboradores, evitando o turnover. É apenas um exemplo de investimentos que evitam gastos.

Caso ainda queira saber mais sobre o tema Planejamento Financeiro, veja também esse outro artigo que escrevi:

Dicas para fazer o planejamento financeiro da sua empresa

Gostou das dicas sobre como reduzir custos em sua empresa? Deixe um comentário e compartilhe estas informações em suas redes sociais!